Afiliados: o que é e como ser um?

Já ouviu a expressão “ganhar dinheiro enquanto dorme”? Ela é muito usada para falar a respeito de quem já atua com marketing de afiliados. Mas, você sabe o que é isso?

Então, marketing de afiliados é considerado por muitos como a porta de entrada para o marketing digital.

Ele é uma forma de aumentar a conversão para produtos digitais, e, também, de trazer receitas para quem faz recomendações.

Em uma explicação bem simplificada, Marketing de Afiliados é quando um parceiro se dedica a divulgar produto ou serviço em seu site, blog ou redes sociais.

E, por isso, ele é recompensado financeiramente por suas indicações e vendas.

É como aquele sujeito que indica o carro de alguém para venda e recebe uma “comissão” pela conclusão do negócio.

A diferença é que no Marketing de Afiliados não dá para puxar um pretenso consumidor pelo braço e levar até o produto.

Como funciona o marketing de afiliados?

A estratégia de marketing de afiliados está muito pautada na produção de conteúdos relevantes, relacionamento com a audiência e construção de autoridade. 

Esse tipo de estratégia de Marketing surgiu como uma alternativa de dar maior credibilidade a aquilo que está sendo divulgado.

Ou seja, ao invés de uma chuva de anúncios sobre um produto ou serviço, o afiliado utiliza sua autoridade para indicar o produto e ganha para isso.

Por exemplo: Uma personal trainer desenvolveu infoproduto para práticas de atividades em pequenos espaços fechados.

Do outro lado da ponta há um blog sobre atividade física, que produz conteúdos sobre cuidados do corpo. Esse blog tem credibilidade para indicar o infoproduto da personal.

No entanto, quando ele indica e há conversão, ele é remunerado.

Trata-se de uma forma interessante de ampliar ganhos com seu blog, muito além das vendas de espaços publicitários espalhados em suas páginas.

Como ganhar dinheiro com marketing de afiliados?

Para ganhar dinheiro com marketing de afiliados, é necessário muito esforço, bons conteúdos, relacionamento e autoridade!

Antes de gerar a venda, o afiliado precisa: criar autoridade, credibilidade, levantamento de dores/problemas, até a apresentação da solução.

E tudo isso feito com conteúdo!

Mas, ainda há uma outra questão. Ainda há uma lógica básica de vendas que entra nesse processo: volume.

Nem sempre os percentuais oferecidos aos afiliados são grandes.

Por isso, para se obter um bom resultado financeiro, será necessário gerar um volume expressivo de leads, para aumentar a possibildiade de conversão.

conteúdo

Estratégia criar conteúdo

Vale lembrar que não adianta apenas produzir um bom conteúdo, de forma aleatório. O conteúdo precisa ser produzido e divulgado de forma estratégica, considerando:

  • Quem é a persona?
  • Quais as suas dores/problemas?
  • Qual solução o produto/serviço apresenta?
  • Quem já foi impactado ou se beneficiou pelo produto/serviço ?

Apenas como um exemplo, no caso do blog de atividades físicas, que é afiliado da personal trainer, ele deve desenvolver uma série de conteúdos sobre o tema.

Para isso, ele precisa pensar na jornada, nas possíveis dúvidas e respostas de sua audiência :

  • A importância da atividade física;
  • Os riscos do sedentarismo;
  • Perda de massa muscular;
  • Dores no corpo;
  • Correlação da atividade física com algum acontecimento de grande repercussão;
  • Entre outros.

Ou seja, é necessário um cronograma de conteúdos que alertem para seu público a necessidade de manter o corpo saudável.

E, no final, indique o infoproduto da personal, que poderá ser uma solução para o sedentarismo de seu cliente.

Esse exemplo vale para qualquer tipo de infoproduto, como: “curso de inglês pelo celular”, “como fabricar cerveja artesanal”, “consertar carros você mesmo”, dentre outros tantos.

Formas de monetização com o marketing de afiliados

Os programas de Marketing de Afiliados remuneram seus parceiros de diferentes formas. CPC, CPA, CPM e CPV. Mas, o que significa cada sigla? Vamos lá!

CPC – Custo por Clique: O Afiliado é remunerado sempre que o internauta clicar em seu banner ou link de publicidade em suas páginas, independentemente da conversão.

O ganho está vinculado com o investimento da campanha. É uma boa opção para mensurar o comportamento de seu público.

CPM – Custo por Mil Visualizações: Este tipo de ganho remunera cada mil visualizações em na página que contenha o link para o cliente.

É uma boa opção para blogs com muito tráfego, pois não depende da conversão.

CPA – Custo por Ação: Essa modalidade paga quando há uma interação do visitante. Ou seja, ele precisa clicar, preencher formulário ou adquirir o produto.

Trata-se de um formato indicado para aquele produtor de conteúdos que tem grande influência com seu público. É o cara que tem cacife para dizer: Pode comprar que eu garanto!

CPV – Custo por Venda: O ganho por venda, como próprio nome indica, é o formato em que o Afiliado só é remunerado quando há a aquisição.

Esse modelo tem percentual interessante e pode ser uma boa opção para o Afiliado que tenha pouco tráfego, pois não demanda muito volume para monetizar.

influenciador

É possível começar do zero a trabalhar com marketing de afiliados?

Mas, então o Marketing de Afiliados é apenas para quem já produz conteúdos sobre determinado assunto?

Não, qualquer um pode trabalhar com Marketing de Afiliados. No entanto, quem já produz conteúdos tem chances de obter retorno mais rápido.

Isso porque já tem um volume de visitas frequentes, internautas que acompanham seus conteúdos e seguidores em redes sociais.

No entanto, é possível começar a qualquer momento um blog, perfil ou fanpage sobre determinado assunto e buscar seu público.

E na medida que se tiver credibilidade e autoridade, é possível trabalhar com Marketing de Afiliados.

E vale lembrar: o Marketing de Afiliados é uma forma de remuneração por indicação.

Por isso, é preciso construir um vínculo com seu público, ou seja, isto ocorre com produção contínua de conteúdos de qualidade.

Também, o Afiliado tem que ser aquele sujeito que o público confia. Mas, confiança se conquista com tempo e dedicação. Então, não perca mais tempo!

Veja também:

Qual o melhor curso para quem quer trabalhar como afiliado?

A diversidade de cursos online para afiliados é imensa.

Somente dentro da plataforma Hotmart, é possível encontrar cursos de diferentes preços e métodos.

Para quem quer trabalhar como afiliado, recomendo o primeiro passo, que é adquirir um bom curso de base.

Um curso de base é o curso que prepara o afiliado para todas as estratégias dentro do mercado de afiliados. Normalmente, é um curso completo, que ensina o afiliado a criar sua própria estrutura estrutura online do zero.

Eu mesma, já fiz vários cursos de marketing digital desde que comecei. Porém, me identifiquei somente com um único curso, que é o Copy Sem Segredos da Gislaine Batista.

Por isso, é o curso que recomendo. Ele é completo, tem aulas rápidas e objetivas, tem um passo a passo, e ensina tudo que o afiliado precisa dominar.

Dentro do curso é ensinado desde criar site, funpages, conteúdos para as redes sociais, até estratégias de copywriting.

O curso, Copy Sem Segredos, da Gislaine Batista, é por isso o curso indicado para quem quer ser um afiliado profissional.

O Copy Sem Segredos conta ainda com uma Mentoria Exclusiva para seus alunos todas as terças-feiras.

Leia mais sobre o Copy Sem Segredos AQUI!